Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Você está aqui:
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Modernização de infraestrutura de Projeto Público Irrigado potencializa produção no Nordeste

  • Publicado: Sexta, 02 de Agosto de 2019, 19h37

Após obras do Governo Federal, renda bruta anual do perímetro de Ceraíma, em Guanambi (BA), poderá chegar a R$ 50 milhões

02 08 Ceraíma IrrigaçãoBrasília-DF, 2/8/2019 - Os produtores de 112 lotes irrigados no Projeto Público de Ceraíma, na região de Guanambi (BA), estão com mais motivos para comemorar. Nesta sexta-feira (2), o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, inauguraram novas infraestruturas de modernização do sistema. Executadas pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), as intervenções vão garantir uma gestão eficiente da água e o aumento da produtividade para os agricultores. O investimento federal na iniciativa foi de aproximadamente R$ 16 milhões.

“Essa entrega significa esperança e riqueza para termos um Brasil melhor. O País que o presidente Jair Bolsonaro quer, busca potenciais verdadeiros para o desenvolvimento. É viabilizar as condições necessárias aos produtores para que ampliem suas atividades e aumentem as riquezas da região. O acesso à água é fundamental nesse quesito e a agricultura irrigada é o futuro do Nordeste”, destacou o ministro Gustavo Canuto.

Os investimentos para as obras foram repassados por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do Parnaíba e do São Francisco (Codevasf), empresa pública vinculada ao Ministério do Desenvolvimento regional (MDR). A projeção é que sejam criados 3 mil empregos diretos e indiretos,  além de um aumento do valor da produção dos atuais R$ 441 mil para R$ 50 milhões nos próximos anos. As principais culturas da região são manga, banana, goiaba, abóbora, mandioca, hortaliças e outros cultivos temporários.

“O semiárido brasileiro tem 3 mil horas de sol durante o ano. Não há frio nem umidade, fatores que poderiam prejudicar a produção local. Podemos produzir qualquer cultura nessa região. É papel do Governo Federal ajudar quem quer trabalhar. E aqui, certamente, temos isso aos montes”, acrescentou Canuto.

Sustentabilidade

A nova infraestrutura do projeto público de irrigação tem alta eficiência no uso dos recursos hídricos, com foco na garantia da sustentabilidade da iniciativa. Ao todo, estima-se que o consumo das reservas de água da barragem de Ceraíma seja reduzido em 50% - captado no Rio Carnaíba de Dentro.

Isso foi possibilitado pela adoção de tecnologias mais modernas. Por exemplo, a substituição do antigo sistema de irrigação por sulcos pelo modelo de microaspersão reduziu em 85% o uso de água. Outra novidade é a utilização de 32 quilômetros de tubulações para o transporte do líquido, em substituição a canais e acéquias. Essa substituição elevou a eficiência a 95%.

Localizado no distrito de Ceraíma, o projeto de irrigação está em operação desde a década de 1970. Atualmente, ele é composto por 112 lotes irrigados e 16 áreas produtivas adjacentes, incluindo uma área agrícola experimental e educativa do Instituto Federal da Bahia (IFBA) e uma estação de piscicultura cedida pela Codevasf. A área irrigável total é de 756 hectares e abrange os municípios de Guanambi, Urandi, Pindaí e Caetité, beneficiando uma população estimada em 200 mil habitantes.

registrado em:
Fim do conteúdo da página